Foi divulgada no último Domingo, 06 de Fevereiro, uma pesquisa realizada no Japão visando responder quais os melhores estúdios de animação da atualidade, segundo votação dos fãs.

O resultado, que aponta algumas escolhas polêmicas e exclui outras, listou 18 estúdios das dezenas existentes no país. A classificação vai desde a categoria "C", a mais baixa, até a "S" vista como Premium ou Especial.

A pesquisa teve como maior quesito de avaliação a complexidade das animações entregues por esses estúdios entre 2020 e 2022, seguida por elementos como design de cores, direção de arte e por aí vai.

Houveram nomes que figuraram em posições abaixo do previsto enquanto outros sequer foram mencionados. Alguns alegam que as escolhas foram baseadas no fanatismo há alguns animes e não na verdadeira qualidade dos estúdios

Deixamos "nossa opinião" mais abaixo em cada categoria. Lembrando que nossa visão pode não ser uma verdade absoluta para todas as pessoas.

Categoria S

Nesta categoria ficaram apenas dois estúdios: Ufotable, com seu trabalho em "Kimetsu no Yaiba"; e o estúdio Wit, certamente pela animação fluida de "Vivy: Fluorite Eye's Song" exibido ano passado.

Nossa opinião: Apesar da qualidade pelo contexto geral o estúdio Wit deveria estar na categoria "A" e não "S". Certamente a paixão por "Vivy: Fluorite Eye's Song" levou a esta decisão.

Categoria A

Aqui se posicionaram os estúdios: Bones (Boku no Hero Academia, Vanitas no Karute), Production I.G. (Yuukoku no Moriarty, Kaizoku Oujo), Kyoto Animation (Kobayashi-san Chi no Maid Dragon) e Kinema Citrus (Shoujo Kageki Revue Starlight, Tate no Yuusha no Nariagari).

* Nossa Opinião: Onde está a Cloverworks? Super elogiada por "Wonder Egg Priority", "Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru" e "Akebi-chan no Sailor-fuku"? Sabemos que o estúdio é uma subdivisão da A-1 Pictures entretanto responde por identidade própria.

* Nossa opinião: A Kinema Citrus é um bom nome mas pouco entregou nestes últimos anos e no geral figura na categoria "B". A posição "A" foi garantida somente pelo afeto a "Tate no Yuusha no Nariagari" que teve boa produção.

Categoria B

Estúdio Mappa (Shingeki no Kyojin, Jujutsu Kaisen, Takt Op), Shaft (Magia Record), P.A.Works (Shirou Suna no Aquatope), A-1 Pictures (86, Kaguya-sama wa Kokurasetai), Doga Kobo (Senpai ga Uzai Kouhai no Hanashi), Trigger (SSSS.Dynazenon) e Sunrise (Hanyou no Yashahime, Love Live! Superstar) ficaram nesta categoria.

Nossa opinião: Pelo que entregaram em 2020/2021, Mappa e A-1 Pictures são estúdios de categoria "A" entretanto foram rebaixados na votação.

Nossa opinião: Apesar do histórico de glórias a Shaft anda instável recentemente, algo visto na animação oscilante de "Magia Record". Sendo assim, com tristeza, poderia figurar na categoria C.

Categoria C

E por fim na última posição estão estúdios como Madhouse (Hakozume, Kyuuketsuki Sugu Shinu), White Fox (Re:Zero), David Production (Hataraku Saibou), Tatsunoko Production (Jouran: The Princess of Snow and Blood) e Silver (Bokutachi wa Benkyou ga Dekinai).

Nossa opinião: Estúdios Diomedea (Seijo no Maryoku wa Bannou desu), Silver Link (Jahi-sama wa Kujikenai) e C-Station (Yuru Camp) sequer foram listados, o que é absurdo.

* Post linkado diretamente do Twitter de acordo com políticas de compartilhamento.

Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira outras postagens em nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.

Fonte: Otakomu