Observação: Este é um review contextual! Não entramos em detalhes sobre os eventos de cada episódio evitando assim spoilers que possam comprometer a experiência de quem ainda não assistiu. No entanto iremos comentar brevemente sobre a produção, enredo, personagens e notas adquiridas. Caso não esteja de acordo com essas condições, por favor, evite a leitura do texto.

Nós já temos aqui no blog um review enxuto do filme de 1995 que corresponde a primeira animação de Ghost in the Shell tornando-se um clássico e considerado obra de arte dos anos 1990. Sua leitura não é obrigatória mas é recomendada para a compreensão desse texto. Para acessar confira  "Links Relacionados" ao final.

Falar sobre Ghost in the Shell (ou Koukaku Kidoutai) dispensa grandes apresentações já que a série é uma das mais conhecidas no mundo dos animes quando se fala em ação policial, ficção científica e futuro distópico em um universo cyberpunk. 

Talvez nem mesmo o autor Shirow Masamune ou o estúdio Production I.G. imaginavam que a série ganharia proporções tão grandes ao longo dos anos.

Após o filme de 1995 a fama da protagonista ciborgue Motoko Kusanagi espalhou-se pelo mundo no entanto prestes a entrar no século XX nenhuma nova produção da obra deu as caras. 

Foi então que no início dos anos 2000 a Production I.G. junto a uma excelente equipe técnica incluindo nomes como o diretor Kenji Kamiyama, os roteiristas Yoshiki Sakurai, Dai Satou e Shoutarou Suga além do diretor de animação Kyouji Asano iniciaram os trabalhos do que em 2002 ficou conhecido como Ghost in the Shell Stand Alone Complex

Um projeto de animação ambicioso e caro que tinha como meta apresentar o dia a dia das investigações criminais da protagonista e os demais integrantes da Seção 9 de Segurança Pública. Stand Alone Complex trouxe um enredo denso, bem construído, animação de qualidade para a época e a implementação eficiente de um recurso que não era novidade mas poucos animes possuíam, a computação gráfica.

Stand Alone Complex rendeu 52 episódios ao longo 2 animes além do filme Solid State Society que complementava a história. A série retratava com mais detalhes os personagens vistos no filme tipo o Batou, Ishikawa, Togusa e o Sr. Aramaki, reapresentando Motoko com design repaginado bem mais comunicativa e sensual além de acrescentar 4 novos personagens: Bouma, especialista em investigação cibernética; Paz, um ex-militar; Saito, um sniper habilidoso recrutado por Motoko durante uma missão no México e os ultra carismáticos Tachikomas, robôs autônomos de design aracnídeo com uma inteligência artificial super avançada, brincalhões, curiosos e criativos que viraram os mascotes da série.

Hoje é impossível falar de Ghost in the Shell sem mencionar os Tachikomas.

Ghost in the Shell Stand Alone Complex 1.

Exibido entre 2002 e 2003 totalizando 26 episódios este primeiro anime apresenta a Seção 9 como uma divisão não reconhecida oficialmente pelo governo sendo dedicada a investigação de casos criminais envolvendo cyber terrorismo. 

O grande conflito gira em torno do hacker Warai Otoko (homem sorridente). Capaz de permanecer nas sombras hackeando com facilidade o cyber cérebro de qualquer indivíduo ele estava disposto a ir fundo no intuito de revelar um escândalo envolvendo certa corporação farmacêutico. A trama afunila ou ponto de Motoko e a Seção 9 seremos quase desmantelados por certa facção militar do governo.

Um dado curioso é que embora os episódios tenham animação 2D tradicional a open deste primeiro anime foi produzida em 3DCG junto a inesquecível música de abertura "Inner Universe" envolta por um sentimento espiritual e atemporal interpretada pela cantora Origa. (Vídeo ao final)

Embora "ok" para a época a open destoava do visual da adaptação sendo considerada arcaica para os padrões de hoje. Outro fato curioso tem relação com os trajes de Motoko que nos primeiros episódios parece vestir um maiô durante o trabalho. Embora sensual a roupa dava uma presença fora de contexto a protagonista, algo que foi concertado nos episódios seguintes.

Muito bem recebido o anime ganhou nota 8.45/10 nas avaliações de quem assistiu figurando até hoje na 121ª posição entre os mais bem ranqueados do Myanimelist. (Obs: Esta nota e posição são atribuídas pelos usuários e podem variar com novos votos computados)

Ghost in the Shell Stand Alone Complex 2nd GIG.

Exibido entre 2004 e 2005 em mais 26 episódios a continuação trouxe leves aprimoramentos na animação e no polimento do design além de manter a mesma atmosfera e boa trilha sonora. 

Algo importante a mencionar é que muita gente não assistiu os 2 episódios finais da primeira adaptação porém eles são imprescindíveis esclarecendo como a Seção 9 se reuniu após a perseguição militar e como a protagonista sobreviveu mesmo sendo alvejada antes de entrar no avião.

Em 2nd GIG, detalhes sobre o passado de Motoko e como ela adquiriu um corpo ciborque (com exceção do cérebro) são revelados.

Desta vez a trama ganha maior profundidade envolvendo um agente do governo chamado Gouda que arma um plano genocida no intuito de eliminar a população dos refugiados de guerra habitantes da ilha artificial de Dejima (que aliás existe de verdade situada na região de Nagasaki)

O plano inclui um golpe de estado para derrubar a primeira ministra Youko Kayabuki, ela que tentava uma solução pacífica para o conflito. O desenrolar dos acontecimentos fará com que Motoko encontre Hideo Kuze, um terrorista procurado com altos ideais filosóficos tendo ligação direta com o passado da protagonista.

A nova música de abertura, marcante e inesquecível, chamava-se "Rise" mais uma vez interpretada por Origa. (Vídeo ao final)

Novamente bem recebido 2nd GIG ganhou médias de 8.55/10 nos review e ocupa hoje a 82ª posição entre os mais bem ranqueados do Myanimelist(Obs: Esta nota e posição são atribuídas pelos usuários e podem variar com novos votos computados) 

Ghost in the Shell Stand Alone Complex: Solid State Society.

Motoko é conhecida por ser uma mulher independente capaz de tomar decisões drásticas quando necessário. 

Sentido não poder resolver certos casos em equipe ela sai da Seção 9 e trabalha por conta própria deixando Togusa no comando e Batou aborrecido. Dessa vez o enredo gira em torno de um plano ideológico duvidoso com os envolvidos raptando crianças para utilizar seus potenciais cerebrais no início de uma nova ordem social. 

Após Togusa ser quase morto durante as investigações Motoko finalmente descobre quem está por trás do crime e junto a Seção 9 e os divertidos Tachikomas, partem para o ataque.

Este longa-metragem encerrava a saga de Stand Alone Complex com nota 8.15/10. Por ser um filme Solid State Society é pouco conhecido especialmente aqui no Brasil.

Em conclusão, Ghost in the Shell Stand Alone Complex expandiu o universo fascinante do mangá de Shirow Masamune. O anime é considerado canônico e portanto dá continuidade a história do filme (1995) nos apresentando um futuro distópico onde o natural e o cibernético estão intrinsecamente conectados. Durante a série é comum vermos pessoas com cyber cérebros implantados em seus crânios, indivíduos com membros mecânicos, androids espelhados pelas ruas e criminosos se escondendo atrás de algum terminal.

Perto de completar 20 anos a série não envelheceu tão mal tendo animação decente e permitindo que uma leva de produções futuras viessem a existir! (Confira os vídeos abaixo)

Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira outras postagens em nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.

Links Relacionados:



* Observação: Os vídeos abaixo correspondem as aberturas de Stand Alone Complex 1, 2 e Solid State Society linkados diretamente do Youtube de acordo com políticas de compartilhamento. Os vídeos foram upados em canais estrageiros "não de nossa autoria" e estarão disponíveis enquanto o próprio Youtube não os considerar violação de direitos autorais. Caso esteja lendo esta postagem no futuro e as opens não se encontrem acessíveis, por favor, levem isso em consideração.

* Open de Ghost in the Shell Stand Alone Complex 1 linkada do Youtube de acordo com políticas de compartilhamento.


* Open de Ghost in the Shell Stand Alone Complex 2 linkada do Youtube de acordo com políticas de compartilhamento.

* Open de Ghost in the Shell Stand Alone Complex: Solid State Society linkada do Youtube de acordo com políticas de compartilhamento.