Para conferir outros animes estreantes em Abril veja "Guia de Temporada" no menu superior. Caso deseje ler nossa opinião sobre as séries que já começaram confira "Impressões". 

 * Esta postagem tem spoilers evitados quando possível

Kakushigoto estreou ontem, 02 de Abril, nesta temporada de Primavera/2020

Com um design de personagens mais infantil e cartunesco, ambientação que lembra pintura em aquarela e comédia boba a série acompanha a difícil saga de um pai autor de mangás eróticos fazendo de tudo para esconder esse trabalho de sua filha.

Quem estava a procura de uma comédia leve sem grandes expectativas talvez encontre em Kakushigoto uma boa opção até Junho.

A história acompanha o protagonista Kakushi Goto (dublado por Hiroshi Kamiya), ele que ganha a vida sendo um autor de certo reconhecimento por seus mangás de conteúdo mais apimentado. No passado, quando foi ver a filha recém-nascida, ele acabou sendo reconhecido por um médico fã de longa data e constrangido jurou a si mesmo nunca relevar a Hime (dublada por Rie Takahashi) qual era sua verdadeira profissão.

Kakushi sai de casa todo dia vestido de terno e gravata dando a impressão que está em um trabalho sério. Porém, no meio do caminho ele entra em certa loja e troca a roupa por um simples short e camiseta indo até um apartamento alugado onde trabalha em seu mangá auxiliado por 4 jovens ajudantes.
Mas as coisas não estão fáceis ultimamente pois além da filha ter grande curiosidade sobre sua vida profissional as amigas da escola a levam a um passeio bem próximo ao prédio onde Kakushi trabalha.

Nossas primeiras impressões sobre a estreia foram mistas. O anime tem um design único e muito simpático, a animação é decente e a ambientação é bem artística com cenários (principalmente os céus) dando impressão de arte feita em aquarela. Porém, a comédia é infantil sem toda a excentricidade que levaria a audiência a gargalhadas forçadas. (Lembrando que estas são apenas nossas impressões iniciais)
Em resumo, Kakushigoto lembra mais um slice of life do que uma comédia. Algo que não é exatamente ruim mas pode frustrar os que esperam uma série mais zoeira e extrema.

O anime é produzido pelo estúdio Aija-Do com direção geral de Yuuta Murano indo ao ar uma vez por semana, todas as Quintas-feiras, mas até o momento não possui streaming oficial para o mercado brasileiro.

Deixe seu comentário e se curitu, compartilhe.

Confira outras postagens em nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.

* Vídeo promocional linkado diretamente do Youtube de acordo com políticas de compartilhamento.