O website oficial da adaptação para anime de Kengan Ashura, originalmente um mangá de ação e artes marciais escrito por Yabako Sandrovich e ilustrado pelo artista Daromeon, revelou ontem um novo vídeo promocional (abaixo).

A história conta que desde a Era Edo (1603-1868) arenas de gladiadores já existiam em certas regiões do Japão. Nesta arenas, ricos e mercadores contratam gladiadores para lutar em combates desarmados onde o vencedor leva tudo. O protagonista Tokita Ouma (apelido, "Ashura")  junta-se aos torneios para devastar seus oponentes. Suas habilidades de luta incríveis capazes de pulverizar inimigos chamam a atenção de ricos negociantes incluindo o presidente do grupo Nogi chamado Nogi Hideki. 

O mangá já finalizado foi publicado de 2012 a 2018 rendendo 27 volumes256 capítulos e foi eleito por votação em 2015 para receber adaptação em anime. Alguns leitores afirmam que a história é uma das melhores já produzidas nos últimos anos sobre artes marciais sendo bem executada e possuindo um forte aspecto dramático, embora apresente percalços no desenvolvimento.

A série está em produção pelo recente estúdio Larx Entertainment encomendada exclusividade para a Netflix e pode ter recepção mista já que embora prometa porradaria bruta e desenfreada a animação é tridimensional o que não agrada muita gente. Animes 3D são uma tendência recente nas produções da Netflix já incluindo títulos como Ultraman e Revisions.

O anime terá direção de Seiji Kishi (diretor de Angel Beats) com roteiro de Makoto Uezu (escreveu para Ansatsu Kyoshitsu), design de personagens de Kazuaki Morita (desenhou para Ansatsu Kyoshitsu) e trilha sonora da Team-Mix (já trabalharam em Fairy Tail e Naruto Shippuden). Kengan Ashura estará disponível na Netflix a partir de 31 de Julho mas não sabemos se virá para todas as regiões

Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira a seção "Leia Também" e outras postagens em nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.


* Vídeo promocional linkado diretamente do Youtube de acordo com termos de serviço da API e políticas de compartilhamento.

Leia Também:
https://giganalise.blogspot.com/2019/05/viland-saga-um-dos-animes-quentes-de.html