Clique Aqui e Leia o Review Final

Seishun Buta Yarou wa Bunny Girl Senpai no Yume wo Minai teve a estréia de seu longametragem animado no último dia 15 de Junho nos cinemas, quase 6 meses após o sucesso do anime (13 episódios) exibido no final de 2018.

O website de notícias Mainichi Shimbun divulgou ontem, 28 de Junho, que em apenas duas semanas o filme arrecadou US$ 2.31 milhões de dólares o que equivale há pouco mais de R$ 8.89 milhões de reais na cotação de hoje. O título alcançou a 7ª posição entre os mais assistidos na semana de estréia. Os poucos sortidos presentes na Anime Expo 2019 que ocorre no Convention Center em Los Angeles poderão assistir a versão americana no próximo dia 07 de Julho.

O filme tem o título Seishun Buta Yarou wa Yume Miru Shoujo no Yume no Minai ("Este Jovem Safado não Está Sonhando com a Garota de Seus Sonhos") sendo considerado canônico dando continuidade a história do anime e adaptando a 6ª e 7ª light novel de Hajime Kamoshida. A história terá grande foco sobre a personagem Shouko, ela que tem o mesmo nome e aparência semelhante a primeira garota que o protagonista Sakuta se apaixonou anos atrás. Shouko teve uma pequena aparição no anime e certamente é mais um caso de "Síndrome da Adolescência" onde desejos não atendidos de alguma personagem resultam em graves distorções da realidade.

Os produtores não liberaram muita coisa apenas que Sakuta agora está no segundo ano do colegial e tem seus dias felizes de namoro com a personagem Mai interrompidos quando Shouko surge novamente em duas versões, uma adulta e outra mais jovem. Essa aproximação vai gerar desconforto no namoro com Mai além disso a versão mais nova de Shouko sofre de uma grave doença e sua cicatriz começa a latejar.

QUANDO PODEREMOS ASSISTÍ-LO AQUI NO BRASIL?

Há menos que aconteça algum vazamento ou algum serviço de streaming o traga em antecipado após o lançamento nos cinemas, os fãs brasileiro podem ter a chance de conferir o filme\anime quando a versão em Blue-Ray\DVD for comercializada, o que ocorre entre 3 a 9 meses depois.

Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira a seção "Leia Também" e outras postagens em nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.

Leia Também: