* Aviso: Este artigo pode conter spoilers sobre o episódio.

Assault Lily fez sua estreia na última Sexta-feira, 02 de Outubro.

O anime causou boa impressão inicial com um enredo que não é inovador mas traz um vasto elenco feminino com personalidades cômicas e variadas além de bonito design e bons momentos de ação.

Produzido pelo estúdio Shaft (o mesmo de Mahou Shoujo Madoka Magica) Assault Lily é na verdade uma franquia de sucesso baseada em action figures na escala 1/12 direcionadas ao público feminino.

A trama acompanha a personagem Riri Hitotsuyanagi, ela que há dois anos foi salva por Yuyu Shirai e desde então decidiu que também iria se tornar uma Lily buscando proteger as pessoas das perigosas e inteligentes criaturas "Huges" que surgiram há 50 anos ameaçando a vida da Terra.

Lilys são garotas de alta compatibilidade com as armas Charms (Counter Huge Arms) capazes de eliminar essas criaturas. Elas são treinadas em academias especiais (Gardens) para um dia estarem na linha de frente em defesa da humanidade.

Riri aparenta inexperiência não tendo sequer um pacto de sangue com sua arma, algo crítico quando se enfrenta seres que aprendem rápido com as ações do adversário. Ao ser colocada de frente há um Huge fugitivo ela é ajudada Yuyu e Kaede eliminando a criatura e ganhando notoriedade dentro da academia. Riri precisará com urgência desenvolver suas habilidades pois em breve estará enfrentando inimigos ainda maiores.

Assault Lily tem muito potencial. Caso entregue um enredo empolgante, consistente e sem deslizes na animação pode ser um dos animes interessantes desse final de ano. A série vai ao ar até Dezembro com novos episódios todas as Sextas mas não possui streaming oficial para o mercado brasileiro. Confira as imagens abaixo.


Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira outras postagens em nossa Home.


Nos siga nas redes sociais.


Valeu e até a próxima.