Setembro chegou e isso significa que a temporada de Verão\2019 no mercado de animes começa a se despedir. Continuamos em nossa maratona de análises finais sobre algumas das principais séries exibidas durante o período. Nossos reviews são contextuais apresentando apenas uma visão geral do enredo e temos dois públicos alvos definidos: Primeiro, pessoas que ainda não assistiram a um determinado anime e estão a procura de informações relevantes sem muitos spoilers e, segundo, aqueles que curtem este tipo de publicação.

Joshikousei no Mudazukai chega ao fim agora em Setembro junto a temporada de Verão. Tendo uma comédia focada no diálogo com leve humor satírico e irônico além situações fora do comum, o anime acompanha diversas garotas do ensino médio com personalidades únicas. Embora não tendo uma qualidade visual que se destaque a série divertiu os que a acompanharam durante o período.

Este parágrafo é dedicado as pessoas e o estúdio por trás da animação. Caso não tenha interesse em dados tipo nome do autor ou notas em sites e fóruns, basta saltar para o parágrafo seguinte. Joshikousei no Mudazukai (Os Dias Inúteis das Garotas Colegiais) é originalmente um mangá em estilo comédia shoujo escolar escrito e ilustrado por Beano tendo atualmente 6 volumes publicados. A adaptação para anime foi produzida pelo estúdio Passione (O mesmo de Rokka no Yuusha). Em um total de 12 episódios Joshikousei no Mudazukai veio ao ar na temporada de Verão\2019 (entre Julho e Setembro) tendo recepção decente alcançando nota 7.27\10 no Myanimelist. (Observação: Esta nota é atribuída pelos usuários e pode variar com novos votos computados)

ENREDO E PERSONAGENS (SPOILERS EVITADOS QUANDO POSSÍVEL)

O anime acompanha a vida de diversas alunas matriculadas em um colégio feminino tendo personalidades e vivendo situações fora dos padrões. Alguns dos episódios são realmente inspirados e as garotas cativam pelos comportamentos abobalhadas, estranhos ou iludidos! 
O trio central da história são as personagens Nozomu (ou Baka), Akane (ou Wota) e Shiori (ou Robo). Baka (idiota) é uma completa cabeça-de-vento, hiperativa, impossível de compreender pela lógica, deseja ser popular entre os garotos e tem ideias "nada haver" iniciando o episódio sempre com a mesma frase "Hey, posso dizer uma coisa incrível!?" geralmente trazendo algo bem mais estúpido do que você pensa. Wota (de Otaku) desenha mangás desde pequena, é indiferente e menos disposta a ouvir as sandices de Baka e recebeu este apelido devido seus gostos esquisitos por certos estilos de mangás. Já Robo é mais silenciosa, introspectiva e inteligente sendo chamada assim exatamente por parecer uma máquina sem sentimentos e gostar de cultivar microbactérias.
Outra personagem de destaque é a Lolly (de Lolita) que recebeu este apelido pois apesar de frequentar o ensino médio mais parece uma garotinha do fundamental, tanto em estatura quanto em inocência, acreditando que cegonhas trazem os filhos para seus pais e vivendo com a avó a quem tanto ama. Detalhe, Lolly é bem tsundere e odeia ser tratada como criança. A quinta personagem e uma de minhas preferidas é Yamamoto, com cabelos loiros e twin-tails ela tem chuunibyou em grau elevado acreditando ser uma garota vinda de outro mundo e possuindo um poder oculto dentro de si selando-o com bandagens. Yamamoto destorce completamente a realidade, vai mal nos estudos e como seu chuunibyou é extremamente irritante para pessoas normais ela consegue facilmente tirar o professor Sawatari do sério ao ponto dos óculos do mesmo racharem de tanta irritação.
* Observação: Chuunibyou - comportamento manifesto em alguns adolescentes japoneses por volta da 8ª série do fundamental onde, por temerem as mudanças e responsabilidades da vida adulta, os levam temporariamente a se apegarem há algum tipo de fantasia buscando não perder a própria inocência e identidade.
Além dessas 5 garotas temos a Kanade, ela é inteligente mais um pouco stalker e silenciosa já que seu corpo não parece tão bem definido quanto o de uma garota comum; Majo (bruxa), uma adolescente bastante tímida quase não indo a escola devido seus gostos por coisas góticas, sombrias e ocultas e a Lily... bom, esta aqui é apenas esquisita mesmo apesar do porte mais adulto e boa aparência.
Joshikousei no Mudazukai tem uma comédia mais focada na narrativa e no diálogo explorando bem as particularidades excêntricas de cada uma das personagens. O anime tem uma pegada bem cotidiana lembrando um pouco Danshi Koukousei no Nichijou que saiu em 2012. Sendo mais voltado para o diálogo Joshikousei pode não agradar muito os menos pacientes porém com certeza vai garantir a diversão dos fãs de comédias shoujos levemente satíricas e debochadas.

Quanto ao visual o estúdio Passione entregou um anime com design de personagens bastante simples, design de cores em tons mais lavados, ambientação também mais simples e animação ok com um ou outro momento onde há distorções no entanto, o enredo compensa essas limitações ao ponto de você relevar o aspecto visual. 

O anime tem músicas de abertura e encerramento bem legais que deixamos compiladas em um vídeo mais abaixo dando uma ideia do que esperar da série que não possui streaming oficial para o mercado brasileiro até o momento.

Deixe seu comentário e se curtiu, compartilhe.

Confira a seção "Leia Também" e outras postagens em  nossa Home.

Nos siga nas redes sociais.

Valeu e até a próxima.

* Open & Ending de Joshikousei no Mudazukai linkadas diretamente do Dailymotion de acordo com políticas de compartilhamento da plataforma.

Leia Também: