Funcionários do 1º estúdio da Kyoto Animation, alvo de um incêndio criminoso na semana passada, começaram a retornar ao trabalho desde o último dia 24 de Julho segundo a rede KTV. Isto inclui profissionais que tiveram que pular do 2º andar para salvar suas vidas.

O incêndio ocorreu no último dia 18 de Julho (saiba mais em "Links Relacionados") deixando 34 mortos sendo 13 homens e 21 mulheres. Em respeito a Kyoto Animation e aos parentes, a lista completa dos que faleceram será divulgada em um comunicado oficial após as investigações. Todas as vítimas já foram identificadas por testes de DNA.

No entanto infelizmente uma morte já está confirmada, a vítima é Naomi Ishida de 49 anos. A informação foi divulgada pelo jornal Mainichi Shimbun após uma entrevista com seus parentes. Segundo eles, Ishida costumava trabalhar no 2º andar do prédio e embora a Kyoto Animation tenha inicialmente afirmado que a profissional estava segura os parentes não conseguiram contactá-la através do celular. Por volta das 9h30min da noite do último dia 18 (horário do Japão) o estúdio voltou a contactar a família declarando não mais confirmar a segurança da vítima, identificada como morte após exame de DNA.

Naomi Ishida trabalhava na Kyoto Animation desde 1993. Ela fazia parte da equipe de pintura e colorização e contribuiu para séries como Inuyasha além de ter sido a principal designer de cores em animes como Suzumiya Haruhi no Yuutsu, Hyouka e Amagi Brilliant Park. A profissional também trabalhou como color setting em alguns episódios de séries tipo Clannad After Story, Hibike! Euphonium 2 e Violet Evergarden. Entre os longametragens que contribuiu sendo color design estão Koe no Katachi, Suzumiya Haruhi no Shoushitsu e Liz to Aoi Tori.

Links Relacionados:


Leia Também: