Antes de detalhar qualquer informação me atrevo a dizer que se você não se encantar com o design de personagens ultra charmoso e cativante desse anime certamente você não gosta de crianças, não curte animais de estimação e possivelmente está tendo um dia mau.

Nichijou é basicamente um suprassumo das maiores loucuras e situações mais bizarras que poderiam existir em um anime. A obra possui um design de personagens super, mega, ultra charmoso e carismático aliado a uma comédia extrema que te faz borrar as calças de tanto rir. Nesse review especial, com o máximo de spoilers evitados para aqueles que ainda não tiveram a felicidade de assisti-lo, nós vamos falar sobre seu enredo parafuso solto, seu vasto elenco de personagens inesquecíveis e sua excelente qualidade técnica. Caso nunca tenha assistido ao anime eu altamente recomendo que leia esse review do início ao fim, tenho certeza que lhe ajudará bastante a saborear melhor tudo o que Nichijou tem a oferecer. Tentaremos resumir o máximo possível mas, desde já, pedimos a compreensão dos leitores pois este promete ser um review mais detalhado. Vamos lá.

Geralmente deixamos um parágrafo de nossos reviews dedicado à staff, as pessoas e os estúdios por trás da animação. Caso não esteja interessado em dados tipo nome do autor, obras anteriores do estúdio ou notas em sites e fóruns basta saltar para o parágrafo seguinte.

Nichijou (tradução, Cotidiano) é originalmente um mangá em estilo comédia e slice of life escrito e ilustrado pelo muito criativo (ou desmiolado) autor Arawi Keiichi (que também é autor dos mangás City e Helvetica Standard). A obra rendeu 10 volumes, o primeiro publicado em 2006 e o último, em 2015. O mangá logo pescou um punhado de fãs com seu design de personagens rechonchudo, suas histórias hilárias e o sucesso chamou a atenção do estúdio Kyoto Animation (ainda considerado o melhor estúdio de animação do Japão tendo feito adaptações de sucesso tipo Chuunibyou Demo Koi ga Shitai, Amagi Brilliant Park, K-On! e mais recentemente, Violet Evergarden). Nichijou foi ao ar nas temporadas de Primavera e Verão de 2011 entre 03 de Abril e 25 de Setembro em um total de 26 episódios. A receptividade não poderia ser melhor e o anime alcançou mais do que merecidamente nota 8.52\10 no Myanimelist com mais de 380.000 membros integrantes e mais de 152.000 votantes no momento desta postagens (essa nota varia um pouco com novos votos computados).


Nichijou possui dois núcleos principais de personagens e mais uma porção de secundários, no primeiro núcleo temos três alunas do ensino médio:  Yuuko, Mio-chan e Mai-chan. Yuuko (dublada por Honda Makiro) é uma das personagens mais exploradas e trapalhonas de todo o anime, sempre querendo ser esperta raramente ela dá uma bola dentro. Extremamente carismática, atrapalhada, malandra, confusa e histérica ela quase nunca faz o dever de casa sendo obrigada a ficar de pé no corredor, tudo para Yuuko gira ao contrário e a simples compra de um cafezinho se torna algo quase impossível. 

Com sua alegria hiperativa Yuuko possui uma longa lista de bizarrices dentro de Nichijou indo desde algumas porradas que sua mãe lhe dá já que ela não dorme a noite e fica fazendo barulho, passando por mordidas de cachorro, cascudos, 23 derrotas em queda de braço, cadernadas, dedos perfurados por apertar o lápis acidentalmente ao contrário até chegar ao cúmulo de ter sua carteira roubada durante um festival não tendo o que fazer a não ser ficar com cara de paisagem o resto do episódio.


Mio-chan (dublada por Mai Aizawa) é a mais comportada do trio. Apaixonada por Sasahara ela é meio CDF, costuma fazer seu dever de casa e sempre usa maria-chiquinhas (não sei porque amarradas com dois cubos de madeira). Ela tem uma irmã mais velha que sempre a tira do sério e todo o restante de sua personalidade parece normal exceto por um detalhe muito esquisito. Mio-chan quer ser mangaká e gosta de desenhar BL as escondidas guardando isso à sete chaves porém, como mentira tem perna curta, esse segredo começa a escapulir. 

A cena dela tentando subornar um policial para que não averiguasse sua bolsa vendo seus desenhos é simplesmente impagável de tão engraçada. Ainda mais porque Yuuko fica com uma das folhas reagindo com um susto que se converte em uma risada insana e, a essa altura, quem está assistindo não se contém de tão engraçada que fica a situação.


E, finalizando o trio, temos a Mai-chan (dublada por Misuzu Togashi). Com um ar sonso e aparentemente desligado do mundo ela na verdade não tem nada de boba. O grande carisma dessa personagem é que se ela fosse uma adolescente ou criança de verdade seria aquela pessoa que te tira do sério muito rápido! Mai-chan é do tipo que você diz algo pelo ouvido esquerdo saindo imediatamente pelo direito, ela não dá atenção a ninguém e faz o que quer do seu modo. Muito malandra sempre dá um jeito das coisas saírem a seu favor e o pior é que você tem todos os motivos para se irritar com ela porém, devido sua personalidade anestesiada não consegue sensibiliza-la. Entre as cenas mais hilárias protagonizadas por Mai-chan temos a tentativa de ajudar Mio-chan com seus desenhos, a queda de braço e o jogo de pedra-papel-tesoura contra Yuuko no qual quem perdesse recebia uma pancada na cabeça. Como ela sempre dava um jeito de vencer a coitada da Yuuko teve que aguentar desde livradas até um bom cascudo em cheio dado com uma estátua de madeira.


No segundo núcleo principal de personagens temos a pequena Hakase, a robô Nano e o gato de estimação Sakamoto. Com certeza as garotas japonesas se derretiam quando Hakase (dublada por Konno Hiromi) entrava em cena. Sendo uma criança entre 6 e 8 anos de idade ela é tudo o que uma pessoa nessa faixa etária deveria ser. Hiperativa, espoletada, adora comer salgados, apronta de tudo e como toda criança que se preze, costuma colocar a culpa no gato de estimação quando as coisas saem errado.


Embora seja uma criança, Hakase (mestra ou professora) criou uma garota robô adolescente chamada Nano (dublada por Shizuka Furuya) que atua na verdade como sua mãe ou irmã mais velha. Tudo o que Nano deseja é ser ou parecer uma garota normal porém, por diversão Hakase costuma fazer alguns "upgrades" na garota colocando portas USB escondidas nos dedos, porta-objetos no cérebro ou metralhadoras de borracha escondidas nas mãos sem o consentimento de Nano. Como se não bastasse ela tem uma grande chave de corda acoplada as costas que aparentemente não tem função a não ser decorativa. A chave impede Nano de dormir e sentar-se direito e a deixa completamente constrangida quando sai em público para fazer compras. Nano deseja ir a escola o que acontece apenas no segundo arco do anime.


Fechando esse trio temos Sakamoto (dublado por Minoru Shiraishi), o gato de estimação das garotas. Adotado no início do anime elas adoraram o fato de ter um animal na família e para que a comunicação fosse possível Hakase amarrou em volta do pescoço de Sakamoto um lenço vermelho que o permitia falar com humanos. Mas, assim que o gato abriu a boca ficou evidente que a aparência fofinha e bonitinha escondia a personalidade de um velho rabugento que queria ser respeitado por se achar muito amadurecido em comparação a elas. Sakamoto vive queimando pêlo de tão irritado que fica com as peraltices de Hakase aprontadas contra ele, indo desde choques elétricos, passando por cola espalhada pelo chão até um ovo frito jogado diretamente em sua cabeça.


O anime possui ainda uma porção de outros personagens que não dá para descrever aqui com grandes detalhes. Temos, por exemplo, a meiga e ultra tímida professora Sakurai (dublada por Mami Kosuge) e o par romântico Sasahara Koujirou e a tsundere Misato Tachibana. Sasahara (dublado por Yoshihisa Kawahara) é um jovem rico e almofadinha que anda com um mordomo a tiracolo para tudo quanto é lado e vem a escola, acreditem, montado em uma cabra! 

Misato (dublada por Chika Horikawa) é a típica tsundere apaixonada que não dá o braço a torcer e sempre que se irrita ou se sente constrangida com o comportamento de Sasahara, desce chumbo grosso sem dó. E o arsenal dela é vasto indo desde um revólver passando por RPGs, lança-torpedos, metralhadoras derruba quarteirão até lança mísseis exclusivos do exército americano, por exemplo. E tudo isso acontece no cotidiano de Nichijou como se fosse algo natural.

Qualidade técnica e artística.

Há muitos outros personagens que não vou descrever aqui além de vários mini quadros dentro do anime como o Helvetica Standard. Nichijou arranca sorrisos sem precisar de muito esforço, produzido pela Kyoto Animation com um humor malandro, sagaz e preciso o anime conta com uma qualidade de animação excelente e ainda bem atual com muitas cenas épicas. O enredo é absurdo e quanto ao design de personagens as ilustrações falam por si. Sendo um dos grandes trunfos da obra a aparência infantil dos personagens que, com raras exceções, não possuem nariz visível quando visto de frente aliada à trilhas musicais muito alegres e inspiradas fazem desse anime uma produção única tendo um lugar especial no coração dos fãs até hoje.


Se curtiu, compartilhe e ajude o Giganalise a crescer.

Valeu e até a próxima.


Observação importante: Os vídeos abaixo correspondem as duas aberturas de Nichijou. Como procuramos seguir as políticas de compartilhamento do Youtube esses vídeos estarão disponíveis enquanto o próprio não as considerar violação de direitos autorais. As aberturas foram postadas em canais estrangeiros não sofrendo strike, pelo menos até o momento dessa publicação. Caso estejam lendo este review no futuro e não possam assisti-los. Por favor, levem isso em consideração. Muito agradecido.


Abertura do primeiro arco linkada diretamente do Youtube de acordo com direitos de API e políticas de compartilhamento.
Abertura do segundo arco linkada diretamente do Youtube de acordo com direitos de API e políticas de compartilhamento.

LEIA TAMBÉM:


https://giganalise.blogspot.com.br/2017/09/himouto-umaru-chan-as-alunas-colegiais.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/05/girlish-number-uma-dubladora-bonitinha.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/09/love-lab-e-disso-que-as-comedias.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2018/03/karakai-jouzu-no-takagi-san-trolagens.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2018/03/little-witch-academia-sucesso-de.html