Pix ou Paypal: giganalise@gmail.com

O Final de Dragon Ball Super



Ontem, 24 de Março de 2018 foi exibido o episódio de número 131 (e último) de Dragon Ball Super. Foram 2 anos e 9 meses de muito hype, muita expectativa, muitas críticas à animação e ao roteiro tendo alguns episódios com audiência muito baixa mas também com momentos que a galera curtiu bastante. Surgiram acréscimos e personagens bem vindos ao universo da franquia, um final fechado e até épico com animação surpreendentemente fluída para os padrões da Toei Animation e muita ação o que valida a famosa frase dos fãs "Dragon Ball é Dragon Ball". Para se ter ideia do carinho que os fãs possuem pelo anime, principalmente no Brasil, segundo o site RD1 do grupo Terra cinco cidades do Norte e Nordeste do Brasil, Macapá (capital do Amapá), Boa Vista (capital de Roraima), além de Sobral, Maracanaú e Pacatuba, no Ceará, fizeram transmissão aberta ao público para que os fãs pudessem assistir ao episódio final. Quem imaginaria!

Há algum tempo atrás nós fizemos um review de Dragon Ball Super bem recheado e completo buscando uma análise imparcial com foco tanto nos pontos positivos quanto nos negativos e ficou show, basta conferirem depois no link que deixamos abaixo.

Dragon Ball Super teve um encerramento respeitável, condizente com a fama da franquia e até semelhante a adaptações anteriores do mesmo. Não vamos entrar em detalhes aqui por ser spoiler. Mesmo com as críticas à história com pouca criatividade para muitos e com o estúdio Toei Animation trazendo alguns episódios preocupantes graficamente o anime foi fiel ao legado da franquia anulando no entanto praticamente (mas não completamente) tudo o que aconteceu em Dragon Ball GT (anime dos anos 90 no qual Akira Toriyama, autor de DB, não participou do roteiro) sendo portanto uma continuação direta dos acontecimentos do tão querido Dragon Balll Z.

Em Dragon Ball Super tivemos dois filmes revisitados nos 30 primeiros episódios, novos vilões, novos anti-heróis, redenções e até mudanças de pensamento (até certo ponto) de figurinhas carimbadas da série como Freeza e o Android número 17, este que pela primeira vez teve a oportunidade de conhecer e medir forças com Goku. 

Pela primeira vez também, fomos apresentados a super sayajins mulheres, o retorno de Bura e Pan (talvez a única coisa proveniente de Dragon Ball GT) e o famigerado Super Sayajin Azul que dividiu demais opiniões não sendo tão apreciado quanto as transformações anteriores de DB. E nem falamos de Zamasu e o retorno de Freeza, o maior vilão da série sempre ardiloso e traiçoeiro apesar de mais "cooperativo", vamos dizer assim.

Dragon Ball Super perdurou por 11 temporadas desde seu início em Julho de 2015, veio para o Brasil dublado em nosso idioma sendo transmitido pela Cartoon Network e recebeu nota 7.74\10 no Myanimelist, no momento dessa postagem, com mais de 230.000 usuários votantes. Será que ele retorna? 

Caso queira vê com mais detalhes tudo o que rolou no anime nós deixamos o link do review mais abaixo.


Valeu e até a próxima.

LEIA TAMBÉM: 

https://giganalise.blogspot.com.br/2018/02/fullmetal-alchemist-brotherhood-um-dos.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/11/black-clover-acao-magia-e-um.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/09/boku-no-hero-academia-o-fenomeno-de.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/12/mob-psycho-100-dos-mesmos-criadores-de.html

https://giganalise.blogspot.com.br/2017/10/one-punch-man-o-super-heroi-mais-careca.html